São João do Piauí, 19 de dezembro de 2018
(86)995258210
Opinião
07/01/2018 16h07
A democratização do consumo e o perigo sobre duas rodas

O parcelamento da compra e o valor de uma moto é um facilitador para quem sonha ter o primeiro veículo. O nordeste é o principal mercado patrocinador dos resultados positivos de vendas de motocicletas, no país. De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), publicados em 2013, a região foi responsável por um recorde de: 40,64% de participação no total de vendas no Brasil.

É bem verdade que o crédito facilitado para a aquisição de veículos automotores fez com que o comércio de motocicletas viesse a ter um boom de vendas, principalmente, a partir do ano 2000 e com maior mercado consumidor, em 2013.

De artigo de luxo, ainda nos anos 80, a motocicleta ocupa hoje espaço em boa parte dos lares das famílias do país, transformando-se, portanto, em um veículo utilizado para o deslocamento até o posto de  trabalho e para distâncias não muito longas. 

Por ser de fácil condução, o condutor não vê tanta necessidade de se habilitar para transitar com motocicletas, em vias públicas, em cidades de pequeno ou médio porte. Esta é, portanto, uma visão equivocada e que tem ajudado, decisivamente, para aumentar os índices de acidentes. No Piauí, dados publicados ano passado, deram conta de que nós somos o segundo Estado da em vítimas de acidente de trânsito com motocicletas.

Num município de mais de 20 mil habitantes, em que a saúde pública tem baixo poder de resolutividade, a irresponsabilidade de condutores sobre duas rodas mostra o quanto à democratização do consumo, feita de forma indiscriminada e sem obediência às leis de trânsitos do país tem contribuído para que, ora condutores sejam vitimas ora estes vitimem pessoas que não tem nada a ver com desastres no transito.

O condutor não habilitado não é o único a ser vitima ou fazer vítima no trânsito, a irresponsabilidade alcança até mesmo a quem possui CNH, mas faz o contrário e acaba contribuindo para que tenhamos um trânsito ainda mais violento.

Embora a sinalização seja deficiente, em uma cidade de mais de 20 mil habitantes, como São João do Piauí, por vezes, jovens aventureiros são flagrados “empinando” o pneu de suas motos e propagando  terror por onde passam, sem ao menos se importarem com as consequências de tamanha atitude irresponsável. Atitudes que só revelam o grau de insensatez e desrespeito às nossas leis de trânsitos, que esses condutores dispensam ao adquirem um veículo.

Portal Mandacaru no Facebook:
Editoriais recomendados
Últimas de editorial
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium