São João do Piauí, 19 de agosto de 2018
(86)995258210
Piauí
Servidores dos Correios anunciam greve geral no PI
Servidores dos Correios  anunciam greve geral  no PI
21/02/2015 10h04
Os servidores do Correios no Piauí devem iniciar uma greve a partir do próximo dia 5 de março. O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Piauí (Sintect-PI) convocou ontem a categoria para uma assembleia geral, que será realizada no dia 5, onde será oficializado o estado de greve.

Os servidores do Piauí, em conjunto com Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, prometem realizar uma das maiores paralisações já feitas pela categoria no Brasil.

Segundo o presidente do Sintect, José Rodrigues, ficarão suspensos por tempo indeterminado os serviços de transporte, triagem e entrega de correspondências e encomendas.

Rodrigues acrescenta que os servidores são contra ao que o governo Federal chama de "Nova Estrutura dos Correios". O projeto foi apresentado em reunião com a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios realizada nos dias 22 e 23 de janeiro deste ano e implica na divisão da ECT em vária empresas menores, geridas pela CorreiosPar.

"Essa mudança destrói o caráter público da empresa, que é de serviço ao interesse do povo brasileiro, e passará a ser em favor das grandes corporações internacionais, que só visa o lucro. Estamos lutando para impedir a privatização da empresa que é do povo" disse José Rodrigues.

O sindicato vai dedicar o período de 23 a 26 de fevereiro para encaminhar e orientar as mobilizações no Estado, que está marcada para acontecer no dia 3 de março. "Essas mobilizações servirão para fortalecer a campanha de luta" finalizou Rodrigues.

Em janeiro de 2014, os Correios do Piauí e de mais 17 estados paralisaram suas atividades em defesa da não alteração no plano Postal Saúde, que seria privatizado. Na época a categoria contou que já estavam sendo feitas alterações, onde os trabalhadores passaram de beneficiários para associados.

A paralisação durou 43 dias e acabou após o Tribunal Superior do Trabalho declarar a ilegalidade da greve. No Piauí, 60% dos carteiros cruzaram os braços, prejudicando principalmente os setores de distribuição de correspondência.

FONTE: Diário do Povo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium