São João do Piauí, 21 de novembro de 2018
(86)995258210
Saúde
Começou ontem 2ª fase de vacinação contra o HPV, em meninas
Começou ontem 2ª fase de vacinação contra o HPV, em meninas
10/03/2015 14h04
No ano passado, campanha de vacinação imunizou meninas de 11 a 13 anos contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). Este ano é a vez daquelas de 9 a 11 anos. A campanha começou nesta segunda-feira, 9 de março, e conta com a parceria das secretarias estaduais e municipais de Saúde. Ao todo, 36 mil salas foram destinadas a esta vacinação para alcançar a meta de 80% do público alvo.

Além das meninas com 9 a 11 anos, deverão ser vacinadas também 33,5 mil mulheres de 9 a 26 anos portadoras do vírus HIV. Elas são suscetíveis a complicações decorrentes do HPV, e têm probabilidade cinco vezes maior de desenvolver câncer no colo do útero do que a população em geral.

Parcerias com as escolas públicas e privadas são recomendas, especialmente para o convencimento dos pais e responsáveis sobre a importância da vacina. É relevante informar que, por meio da vacinação, as meninas estarão protegidas e prevenidas contra o câncer do colo do útero, desde que cumpram o calendário que prevê três doses da vacina.

Campanha

As meninas que fazem parte da faixa etária anunciada devem procurar um posto de saúde ou de vacinação com o cartão de vacinação e o documento de identificação. Após a primeira dose, as meninas devem tomar a segunda depois de seis meses. A terceira é cinco anos após a primeira dose.

Nesta campanha, as meninas de 11 a 13 anos que tomaram a primeira dose no ano passado podem aproveitar a oportunidade de se prevenir. Elas devem procurar um posto de saúde ou falar com a coordenação da escola para dar prosseguimento ao esquema vacinal.

Proteção

A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual. Ela evita o câncer do colo do útero, terceiro tipo que mais mata mulheres no Brasil, atrás apenas do de mama e de brônquios e pulmões. O número de mortes por câncer do colo do útero no país aumentou 28,6% em 10 anos. Passou de 4.091 óbitos, em 2002, para 5.264, em 2012, de acordo com o Atlas de Mortalidade por Câncer no Brasil, publicação do Ministério da Saúde e do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

FONTE: CNM
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium