São João do Piauí, 16 de julho de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Manchete
“Não à política do Pão e Circo’’, disse prefeito Gil em sua página no facebook
25/05/2015 12h34
O prefeito de São Joao do Piauí, Gil Carlos Modesto Alves (PT), ocupou sua página pessoal na rede social facebook para fazer uma referencia à uma velha política praticada no império Romano. A postagem do prefeito tem estreita ligação com a programação dos festejos juninos de 2015, em que logo depois de ter sido apresentada, uma parcela da população sanjoanense, especialmente a juventude, se manifestou contrariamente.

O prefeito Gil Calos (PT) alega que os municípios vêm passando por dificuldades financeiras graves e que por isso, não pode contratar bandas caras, sob pena de comprometer os serviços essenciais do Poder Público, assim como feito no passado. Além de justificar dificuldades financeiras, o prefeito condena a maneira como os festejos eram realizados antes de sua gestão, que segundo ele, à moda do que acontecia em Romano Antiga, com a política do “Pão e Circo”.

Leia na íntegra o que o prefeito disse em seu perfil, na rede social Facebook

Os festejos do município se dividem em dois momentos: festas religiosas, em que se comemora louvores ao Padroeiro São João Batista e segundo momento com atrações musicais com bandas, em que a cultura e animação ficam por conta das bandas contratadas pela prefeitura do município.

Não é por falta de recursos

O ano de 2014 foi um dos anos mais promissores para o município em termos de receitas de impostos. A prefeitura de São João do Piauí fez a cobrança do IPTU retroativo há cinco anos.Ou seja, quem não havia pago nos anos anteriores à atual gestão e somava cinco anos, agora foram obrigados a pagar. Em 2014, só de IPTU, segundo dados da prefeitura, o município teve arrecadação no valor de R$ 319.436,87.

Das receitas de impostos que o município recebeu no ano de 2014, o ISS foi o imposto com maior arrecadação, R$ 1.269.013,21. Já o ITBI com R$ 149.871,27.

Outras receitas de impostos, próprias do tesouro municipal, são as transferências constitucionais como o FPM, que em dois anos e quatro meses já somavam R$ 25.613.209,85; Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) foram descontados R$ 329.673,00; Os 25% de ICMS que o governo repassa ao município atingiu a cifra de R$ 545.569,97. Já os 50% de IPVA dos carros com placas do município de São João do Piauí renderam aos cofres da prefeitura R$ 294.856,12. Ambos os repasses feitos pelo governo do Estado como forma de partilha, prevista na Constituição Federal, foram feitos no ano de 2014.

Investimento em obras públicas

Do valor total do IPTU, que foi de R$319.436,87,por exemplo, apenas R$ 55.000,00 foram revertidos em forma de obras públicas para população, o que representa um percentual de 17,22%, apenas . Os outros R$ 264.436,87 se somarão ao montante de arrecadação do ano de 2015.

FONTE: DA REDAÇÃO
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium