São João do Piauí, 24 de setembro de 2018
(86)995258210
Piauí
Fiscalização do IMEPI constata fraude em peso de botijões de gás
14/08/2015 08h44
A fiscalização em depósitos e postos de vendas de gás de cozinha, realizada pelo Instituto de Metrologia do Piauí - Imepi, denominada GLP, registrou 28% de irregularidades nos lotes de botijões fiscalizados.

Segundo o diretor-geral do Imepi, Maycon Danilo, a ação atendeu um requerimento da Câmara Municipal de Teresina, mediante denúncia feita pelo Ministério Público. "Havia muitas denúncias da população sobre o peso do gás de cozinha. Eles estavam achando estranho um gás que antes durava 30, 35 dias, agora estar durando 22, 26 dias. Diante estas denúncias, realizamos a operação e constatamos um número muito alto de irregularidades nesse sentido", frisou.

Os técnicos do instituto visitaram os 38 postos de revenda dos botijões em vários bairros da capital. De acordo com Maycon Danilo, o peso do botijão é de 13kg e o tolerável é um botijão de até 12.650kg, mas foram encontrados em Teresina produto com 11kg. "Percebemos que há uma prática de retirada de gás de botijões para encher outros que estão vazios. Eles utilizam uma técnica chamada "Chupeta" para puxar gás de três ou quatro botijões e enchem um quarto vasilhame. Além de irregular, essa prática é extremamente perigosa".

Em caso de irregularidade, o revendedor era convidado a acompanhar a análise definitiva, feita no próprio local de venda. As irregularidades redundam em autuações e multas. Por isso, as empresas distribuidoras responsáveis pelo envase e requalificação dos botijões foram autuadas e multadas. "Os valores das multas foram altas, em média de R$ 5 mil a R$ 7 mil por erro formal encontrado. Vamos continuar vigilantes, intensificando as fiscalizações nesta área para garantir as boas relações comerciais e a defesa do consumidor piauiense", ressaltou Maycon Danilo.

O diretor pediu ainda que a população esteja atenta e que denuncie ao Imepi as irregularidades. Essas denúncias podem ser feitas através da Ouvidoria do órgão pelo número 0800-281-1411. "A participação popular tem crescido no nosso órgão através da Ouvidoria. Para você ter uma ideia, no ano de 2014, recebemos apenas três denúncias através do telefone, em julho deste ano, foram 17. As denúncias resultam em uma fiscalização in loco e importante a iniciativa da sociedade que são os nossos olhos", finalizou.

FONTE: Diario do Povo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium