São João do Piauí, 18 de junho de 2018
(86)995258210
Economia
Dnit perde R$ 2 bilhões e atrasa obras em todo o país
15/08/2015 18h49
A crise econômica do país já resultou em cortes no orçamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O órgão federal, que trabalhou nos últimos dois anos com cerca de R$ 9 bilhões, vai ter R$ 2 bilhões a menos neste ano. Os R$ 7 bilhões, que serão distribuídos para todas as superintendências, não são suficientes para manter todas as obras em andamento e, salvo algumas exceções, já são previstos atrasos. “O corte foi para todos os órgãos federais, que destinaram recursos para determinadas obras identificadas como prioritárias”, afirmou o diretor-geral do Dnit, Valter Casimiro. A proporção da queda no orçamento nacional, 22%, não será a mesma para todas as superintendências, pois depende dos projetos e obras em cada local. O corte pode até significar a paralisação de obras. “Por enquanto não há previsão de parada. Isso depende do fôlego das empresas de tocar os projetos. A gente aumentou os cronogramas e reduziu o volume de pagamento mensal”, explicou Casimiro. Isso significa, na prática, que as obras vão atrasar. Perspectiva Apesar de admitir que a queda no orçamento do Dnit pode trazer problemas em todo o Brasil, o diretor-geral do órgão tenta tratar a questão em uma perspectiva diferente. “As obras vão ser executadas com um prazo maior. Podem atrasar, mas talvez não numa condição irrecuperável. E não são todas. Por isso foram eleitas prioridades. O orçamento de R$ 7 bilhões do Dnit para 2015 é o menor nos últimos cinco anos. O total disponibilizado para o órgão já chegou a R$ 10 bilhões em 2011.
FONTE: Com infornações|HojeemDia
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium