São João do Piauí, 16 de julho de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Educação
Professor de Português é modelo para o Piauí
Professor de Português é modelo para o Piauí
20/10/2015 13h48

"Dar uma ajudinha com os talentos adormecidos" é a frase que resume todo o trabalho de um professor à frente da primeira Academia Juvenil de Letras no Piauí. Formado pela Universidade Estadual do Piauí e professor há 29 anos, o amarantino José Victor da Cunha Neto chegou à escola Unidade Escolar Nossa Senhora da Paz em 2009 para dar aula de Língua Portuguesa e apresentar um novo mundo aos seus alunos. Ele é um professor da rede estadual de educação que busca, por meio de práticas inovadoras, incentivar os alunos a sairem do cotidiano da escola e buscarem novas experiências e horizontes.

 

Professor José Vitor da Cunha desenvolve projeto inovador na escola Amante da literatura desde a graduação, José Victor realizou uma dinâmica utilizando um jarro e pediu para os alunos descrevessem, através de desenho ou poesia, o que eles viam. ?Muitos produziram textos que me chamaram atenção pela qualidade. Ao perceber como a produção de alguns era diferente tive a ideia de criar uma academia de letras. A intenção era criar para os alunos o gosto pela leitura e iniciar a produção e um grupo de quatro alunos apostou na ideia", explica.

 

Foi a partir desta dinâmica que surgiu o projeto da Academia de Letras Juvenil Nossa Senhora da Paz no ambiente escolar com a iniciativa de promover aos alunos e divulgar a cultura piauiense e geral, em especial, a leitura e escrita.

 

Decidido a criar a primeira academia de letras juvenil e com o apoio dos alunos, José Victor resolveu conhecer a fundo o funcionamento de uma Academia de Letras, indo visitar a estrutura da Academia Piauiense de Letras (APL). E logo na entrada do prédio encontrou o professor Herculano de Moraes, que o ajudou a estruturar a academia por meio de um estatuto.

 

O Professor José Vitor da Cunha desenvolve projeto inovador na escola com a criação do estatuto, que estabelecia o número de vinte e cinco membros imortais, o professor realizou um teste seletivo que mobilizou a escola.

 

Os alunos apoiaram o projeto e se mostraram muito empolgados por estarem participando de algo inovador. José Victor apresentou o projeto à direção da escola e à Secretaria de Estado de Educação que aprovaram a proposta e disponibilizaram recursos para a estruturação física e todo o material necessário. O sonho do professor começava a tornar-se realidade.

 

O professor relata que na Alejunsp os alunos são incentivados a conhecerem a cultura local, realizam sarau literário, ação que engloba várias atividades artísticas.

FONTE: CCCOM
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium