São João do Piauí, 15 de outubro de 2018
(86)995258210
JUSTIÇA determina que o prefeito de João Costa anule ato ilegal que transferiu professor
08/11/2015 21h59

A Justiça concedeu mandado de segurança em desfavor do prefeito de João Costa, Gil Castro de Assis. O mandado de segurança foi concedido porque o prefeito transferiu o servidor e atual vereador Isaías Gomes Ferreira da zona rural para a zona urbana do município.

Isaias Gomes Ferreira, professor e atual vereador da oposição, em João Costa

 

Mesmo alegando que a transferência de Isaías Gomes Ferreira seria um ato de sua conveniência e oportunidade, a justiça entendeu por bem que o servidor deveria voltar ao local onde costumeiramente lecionava até 2012, ano em que o atual prefeito ganhou as eleições.

 

Para a Justiça, não houve motivo que desse causa à transferência do professor e vereador daquele município. Segundo o mandado, o prefeito Gilson Castro de Assis alegou a necessidade de professores para ministrar aulas na Escola Luís Malaquias, na sede do Município de João Costa.

Atual prefeito de João Costa, Gilson Castro de Assis

No entanto, a Justiça declarando nulo o ato que removeu o professor Isaías Gomes Ferreira, determinou que seja feita sua lotação na Unidade escolar Manoel Vieira de Sá localidade São Paulo, Município de João Costa PI.

 

A decisão foi proferida, em 04 de novembro de 2015, pelo Juiz de Direito da Vara Única da Comarca de São João do Piauí, Maurício Machado Queiroz Ribeiro.

 

FONTE: DA REDAÇÂO
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas do blog
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium