São João do Piauí, 16 de agosto de 2018
(86)995258210
Política
PMDB proíbe filiados de aceitar novos cargos no governo Dilma
12/03/2016 14h57

O PMDB proibiu, neste sábado, qualquer filiado de assumir novos cargos no governo da presidente Dilma Rousseff nos próximos 30 dias. No mesmo período, o partido deverá decidir se rompe oficialmente ou não com a administração petista no Palácio do Planalto. As medidas foram aprovadas agora há pouco na convenção que reconduziu o vice-presidente Michel Temer ao comando da legenda. 

 

Desde o início da manhã, o encontro do principal partido de sustentação da presidente Dilma foi tomado por críticas ao governo federal e pedidos de rompimento, além de gritos de “Fora Dilma”. A ala oposicionista apresentou um documento entitulado Carta de Brasília, em que vários deputados federais e estaduais se posicionam pelo desembarque imediato do governo. 

Segundo o ex-ministro Eliseu Padilha, que presidiu a mesa de trabalhos, foi aprovado o prazo de um mês em que o partido vai deliberar sobre as moções apresentadas. A decisão de não assumir novos cargos atinge o deputado federal Mauro Lopes (MG), que havia sido convidado para ser ministro da Secretaria de Aviação Civil. A expectativa era que ele fosse nomeado depois da convenção. 

 

Antes de aprovar essa moção, o PMDB foi consultado e não houve discordância. Como mostrou o Estado de Minas, a bancada mineira vinha desdenhando do cargo por considerar que ele é pouco expressivo e não valeria o desgaste neste momento.

 

 

 

 

FONTE: em.com.br
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium