São João do Piauí, 16 de agosto de 2018
(86)995258210
Política
Ministro do Turismo é o primeiro do PMDB a pedir demissão do governo
29/03/2016 00h24

No pedido de demissão entregue nesta segunda-feira à presidente Dilma Rousseff,  o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, diz ter pensado muito sobre a decisão, mas diz que o momento coloca o PMDB "diante de um desafio maior de escolher o seu caminho". O peemedebista diz que a decisão foi difícil, mas o diálogo se "exauriu". Alves foi o primeiro ministro a pedir demissão e deu a largada à debandada oficial do partido do governo da presidente Dilma Rousseff. 

Alves começa o documento agradecendo a presidente pela confiança e "respeitosa relação" que tiveram por 11 meses, antes de explicar o pedido de exoneração. "Pensei muito antes de fazê-lo, considerando as motivações e desafios que me impulsionaram a assumir o Ministério (e que acredito ter honrado): fazer do Turismo uma importante agenda econômica, política e social do governo e do país. Mas, independentemente de nossas intenções, o momento nacional coloca agora o PMDB, meu partido há 46 anos, diante do desafio maior de escolher o seu caminho, sob a presidência do meu companheiro de tantas lutas, Michel Temer", afirma Alves na carta. 

O ex-presidente da Câmara diz que sempre "prezou" pelo diálogo. "Diálogo este que -- lamento admitir -- se exauriu. Assim, Presidenta Dilma, é a decisão que tomo. Não nego que difícil, mas consciente, coerente, respeitando o meu Rio Grande do Norte, e sempre -- como todos nós -- na luta por um Brasil melhor", diz. Alves conclui a carta dizendo estar certo de que Dilma entenderá sua decisão.

FONTE: CorreioBraziliense
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium