São João do Piauí, 18 de junho de 2018
(86)995258210
Geral
'PT tornou a corrupção sistêmica na Petrobras', diz Delcídio em entrevista
Ex-senador Delcídio do Amaral, cassado semana passada
'PT tornou a corrupção sistêmica na Petrobras', diz Delcídio em entrevista
17/05/2016 00h06

Em entrevista ao programa Roda Viva, transmitido na noite desta segunda-feira na TV Cultura, o ex-senador Delcídio Amaral, cassado na semana passada, voltou a dizer que a corrupção na Petrobras durante o governo do PT ocorreu de forma sistêmica. “Não foi o PT que inventou a corrupção. Isso vem em uma evolução, mas a gente tornou isso um quadro sistêmico e deu no que deu”, afirmou o ex-senador, respondendo à pergunta da jornalista Eliane Catanhede. Para o ex-senador, foi durante o primeiro governo de Luís Inácio Lula da Silva que se “criou um nível de operação concatenado”.

Durante o programa de entrevistas, Delcídio também procurou se defender das acusações e amenizar o esquema de corrupção na Petrobras. “Quando você indica alguém pro governo isso não quer dizer que você indicou alguém para roubar”, explicou. O senador cassado admitiu que errou ao ter, segundo sua versão, aceito a pressão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente afastada Dilma Rousseff para tentar obstruir a Justiça ao tentar interferir nas investigações da Lava Jato.   

"Acabei cometendo esse deslize e fui efetivamente denunciado por obstrução da Justiça. Quero destacar, é uma falha grave pela qual me desculpei, não deveria ter feito isso. Agora, não fui acusado por roubo, desvio de dinheiro, conta no exterior", afirmou.

Questionado se colocaria a mão no fogo pelo presidente interino, Michel Temer, Delcídio respondeu negativamente. Ele também negou ter conhecimento se o vice-presidente tem algum envolvimento em esquemas de corrupção. "Não posso botar a mão no fogo, até porque não conheço bem as relações dele", disse Delcídio, ao participar do programa.

 

O senador cassado negou reiteradamente ter se beneficiado pessoalmente de recursos desviados no petrolão, como apontado em delações como de Cerveró e de Fernando Baiano - considerado o operador do PMDB no esquema de desvios. Segundo Delcídio, após passar pro procedimentos de depoimentos "rigorosíssimos", ele "passou a limpo" tudo que se dizia sobre sua pessoa. "Não me beneficiei, isso ficou muito claro", enfatizou. 

 

 

 

 

FONTE: EstadodeMinas
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium