São João do Piauí, 11 de dezembro de 2018
(86)995258210
Política
Wellington se reúne com PMDB e PP para redividir os cargos
Wellington se reúne com PMDB e PP para redividir os cargos
18/02/2017 12h19

Neste final de semana, o governador Wellington Dias deve desatar o nó que deu na reforma administrativa, quando anunciou a permanência do secretário de Saúde, Francisco Costa, no cargo. Ele deve ser reunir com os dirigentes do PMDB e do PP para tratar sobre a redivisão dos cargos estaduais. Depois desta reunião estarão definidas as ocupações de cada um dos partidos na administração estadual.

Pelo PMDB, depois de uma conversa com o deputado federal Marcelo Castro e o deputado estadual Themístocles Filho, ficou acertado que o partido ingressa na gestão petista com quatro pastas.

De acordo com alguns peemedebistas que pediram reserva dos nomes, ficou acertado que o deputado Zé Santana vai assumir a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em substituição ao deputado Henrique Rebelo (PT).

O deputado Pablo Santos deve assumir a coordenação da Fundação Hospitalar , que está sendo criada agora. O deputado João Madison Nogueira vai indicar o novo dirigente do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR) e o deputado Marcelo Castro vai indicar o filho dele, Castro Neto, para ser o diretor- geral do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-PI), em substituição ao tio do governador Wellington Dias, Zé Dias.

Com relação ao PP, o deputado Júlio Arcoverde, que é o presidente da sigla no Estado, disse que “o PP nunca cobrou ou pediu nada. Somente pediu que na ocupação dos cargos fosse respeitado o princípio da proporcionalidade de um partido que é grande e é seu aliado de primeira hora. Foi o governador quem ofereceu a Saúde para fazer um alinhamento com o ministério da Saúde”.

Júlio Arcoverde diz que a situação do acordo entre o PP e o PT não mudará. Mas no interior as lideranças do PT realizaram forte pressão contra o PP dentro do Governo. “Isso com certeza mexe com a militância do partido no interior”. O PP espera por uma conversa pessoal com o governador. “O governador não nos procurou. Não houve diálogo. Estamos esperando por isso”, afirmou.

Anda não foi dito o que será dado ao PP. O presidente do partido, senador Ciro Nogueira, está para os Estados Unidos em missão oficial e volta neste fim de semana, quando conversará com o governador. 

FONTE: O Dia
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium