São João do Piauí, 25 de maio de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Denúncia leva vereadores a Posto de Saúde do Estreito; prédio estaria sem energia
01/09/2017 18h11

  Posto de Saúde Júia Venâncio, no Estreito, localidade da zona rual de São João do Piauí

Os vereadores de oposição fizeram uma visita surpresa ao Posto de Saúde(PS), Júlia Venâncio, na Localidade Estreito, depois de terem recebido uma denúncia de que ao PS estaria sem energia elétrica desde sua inauguração, ainda em 2016.

Na manhã de hoje,1º, os vereadores Hélio Alves, Vitório Henrique e Zé Guinguirro estiveram no local conferindo o teor da denúncia e constataram que no PS do Estreito não existia energia elétrica até uma semana atrás, segundo relato de moradores.

De acordo com moradores da localidade, o PS funciona mal. Ainda segundo os mesmos, parte do atendimento é precário e não satisfaz a população local.

O portal fez registros de fotos da parte hidráulica do prédio do PS e verificou que o prédio foi construído, a toque de caixa, e que não há possibilidade de que, o que foi instalado, entrar em funcionamento.

O PS do estreito já foi alvo de fiscalização pelo Sistema de Auditoria Nacional(SNA), órgão ligado ao Denasus, em 2016. Na época, o MANDACARU veiculou, com exclusividade, fotos da obra paralisada do posto. O Fundo Nacional de Saúde(FNS) fez o repasse no valor de R$ 145.800,00, sendo uma parcela na importância de R$ 29.160,00 [30/08/2013] e a outra no valor de R$ 116.640,00 [02/09/2014].

Na auditoria, o SNA constatou que o Centro de Especialidade Odontológica (CEO), que deveria funcionar no PS do Estreito, estava abandonada e a Secretaria Municipal de Saúde já havia recebido  todo o dinheiro e não havia concluído a obra no prazo.

Na ocasião, o Fundo fez a constatação e concluiu que apenas um percentual entre 0,1% a 10% da obra tinha sido executada. O SNA verificou também a conta corrente [ 28615-X] para a qual foi destinado o valor de R$ 145.800,00 para a construção da obra. Para surpresa do Fundo, havia saldo zero no período de [04/09/2014 a 31/01/2015].

Diante da verificação, o Fundo Nacional de Saúde pediu a devolução do valor de R$ 145.800,00 ao município, corrigido monetariamente. Meses depois de a matéria ter sido veiculada, a obra não só foi retomada como concluída. No entanto, no dia de hoje, os vereadores moradores fizeram a visita ao PS para constatar a denúncia  DE que no local não existiria energia desde sua inauguração.

FONTE: REDAÇÃO
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas do blog
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium