São João do Piauí, 25 de maio de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Geral
PF:Temer recebeu R$ 31,5 milhões de "vantagens" por participar de organização criminosa
PF:Temer recebeu R$ 31,5 milhões de
12/09/2017 12h44

O inquérito da Polícia Federal (PF) concluído nesta segunda-feira (11), apresentou indícios da prática de crimes por parte do presidente Michel Temer e demais integrantes da cúpula do PMDB. Para os policiais federais, o presidente conta com terceiros para atuar no controle do grupo político, com o objetivo de obter recursos de empreiteiras e grandes empresas, como a JBS. Os valores quantificados pela PF da vantagem indevida recebida por Temer foram elencados em R$ 31,5 milhões.

Desse valor, R$ 500 mil teriam sido obtidos por meio de Rodrigo Rocha Loures, R$ 10 milhões da Odebrecht, R$ 20 milhões do contrato PAC SMS da diretoria de Internacional da Petrobras e R$ 1 milhão entregue ao coronel João Baptista Lima Filho, amigo pessoal do peemedebista.

De acordo com nota da PF, o presidente possuía poder de decisão do PMDB da Câmara para indicar pessoas para cargos estratégicos e também para fazer a articulação com empresários beneficiados nos esquemas e receber valores de doações eleitorais.

Segundo a PF, a cúpula do PMDB mantinha “estrutura organizacional com o objetivo de obter, direta e indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública direta e indireta”. Ainda segundo o inquérito, que será enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o grupo praticou os crimes de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação e evasão de divisas.

OUTRO LADO

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República informou que Temer “não participou e nem participa de nenhuma quadrilha”.

“O presidente tampouco fez parte de qualquer estrutura com o objetivo de obter, direta ou indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública. O presidente Temer lamenta que insinuações descabidas, com intuito de tentar denegrir a honra e a imagem pública, sejam vazadas à imprensa antes da devida apreciação pela Justiça”, diz a nota.

FONTE: Jornal do Brasil
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium