São João do Piauí, 20 de janeiro de 2018
(86)995258210
Colunistas
Joe
 Joe
Joe é formado em Letras Inglês pela UESPI e Bacharel em Administração Pública pela UFPI. Ele escreve sobre Política e Administração, diariamente.
Nada mais situação do que um vereador de oposição no poder
31/12/2017 12h46

Parafraseando o que disse Francisco José de Oliveira Viana: “Nada mais conservador que um liberal no poder”, quando se referia à vida da política nacional, marcada pela atuação de dois partidos políticos: o Partido Conservador e o Partido Liberal. Ambos representavam a classe dominante da época do Segundo Reinado, e defendiam a monarquia e a manutenção da mão-de-obra- escrava.

Os dias de hoje, vivenciados no parlamento local, guardam semelhanças diversas com o que disse Francisco José de Oliveira Viana, no que diz respeito à tomada de posição de quem ontem esteve na oposição, com um discurso ideologicamente convincente e que, ao chegar ao poder, acabou por revelar o que mais desejava defender: a classe politica dominante.

A Câmara de Vereadores local tem uma composição de vereadores com história quase semelhante: parte deles já esteve na oposição. Na oposição, os projetos de leis enviados pelos chefes do executivo da época, sempre foram motivos de questionamento e, por vezes, eram até jogados para opinião pública, que servia apenas de massa de manobra.

Os projetos de leis enviados pelo prefeito Gil Carlos foram a prova do que se afirma, “Nada mais situação do que um vereador de oposição no poder”. Em 2014, esta situação, ontem oposição, ajudou aprovar, por exemplo, a contratação de até 458 servidores para cargos comissionados, dando ao executivo um aceno de subserviência e a demonstração de que o que antes condenava, hoje é permitido e elogiável.

A aprovação do projeto de lei do “novo” CTM desenha um com clareza como o poder conseguiu revelar o que cada ex-oposicionista pensa. Mesmo sendo vítima da carga tributária que incidirá sobre o seu bolso, como cidadão, parlamentares defensores, mesmo de oposição, preferem dar ao executivo motivo para ver nesse parlamento, uma extensão de seu poder.

Se antes, a moda era ir ao Ministério Público denunciar os atrasos de prestações de contas, ocupar cabines de rádios denunciando e apontando erros em projetos de leis, no poder, os edis, que a tudo condenavam, parece que encontraram “sombra e água fresca”, ao lado do prefeito Gil Carlos.

Eles não eram assim...

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas da coluna
Portal Mandacaru | O portal de notícias mais completo de São João do Piauí

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium