São João do Piauí, 19 de agosto de 2018
(86)995258210
Colunistas
JOE
 JOE
Joe é formado em Letras Inglês pela UESPI e Bacharel em Administração Pública pela UFPI. Ele escreve sobre Política e Administração, diariamente.
São João do Piauí não precisa de um líder
11/01/2018 19h19

A corrida apressada e sem uma consulta os “oráculos” do mundo político tem sido o que mais vem movimentando jovens pretendentes e políticos neófitos a disputar uma possível lacuna de poder deixada pelo prefeito cassado, Gil Carlos. Isso se a sentença de primeiro grau da 20ª zona eleitoral, proferida pelo Juiz Maurício Machado Queiros Ribeiro, for homologada pelos desembargadores do TRE-PI.

 

Líderes e pseudolíderes veiculam nos mais diversos meios de comunicações os seus nomes numa tentativa de receber um feedback positivo da população, que tem o poder de decidir.

 

Nomes de ilustres desconhecidos aprecem como solução aos problemas do município sem que parte deles saiba pelo menos como funciona a máquina administrativa municipal. E acometidos de um desejo, às vezes até patético, laçam os seus nomes sem nenhum propósito objetivo ou alinhado com a realidade municipal.

 

Muitos desses aspirantes têm sobrevivido e outros se mostram como lideres políticos ao sabor dos acontecimentos. Mas há outros que também têm feito uma leitura errônea do cenário, caso o Tribunal Regional Eleitoral homologue a sentença do Juiz Maurício.

 

Os nossos “líderes” não compreenderam ainda o recado ou não conseguiram traduzir os números das urnas e a realidade em que vive mergulhada o município. A única coisa de que não precisa nesse momento o município é de um líder. O município precisa de uma força-tarefa capaz de tirá-lo da inércia administrativa em que se encontra, há anos.

 

Uma consulta feita através do portal da transparência revela que o montante de recursos liberado para o município e outros que deverão ser liberados, por força de convênios com os governos federal e estadual, nos colocaria na vanguarda do crescimento e do desenvolvimento.

 

A leitura dos dados de 128 convênios do município (1996 a 2017), disponíveis na Transparência do Governo Federal, na ordem de R$ 31.096.992,92, nos faz entender o quanto devemos nos preocupar com alguém que consiga dar resolutividade às demandas crescentes, além de tratar a gestão pública com eficiência e com efetividade, nos dias atuais.

 

O líder politico do município que deixou a Educação afundar em índices escolares pífios, medíocres e vergonhosos, deixou o seu povo agonizando por falta de uma ambulância, deixa uma obra de infraestrutura (Passagem Molhada) cerca de um ano sem recuperação ,deixa ruas se transformarem em pocilgas lamacentas e fedorentas, não serve aos propósitos do munícipio.

 

São João do Piauí não precisa de um líder. Os nossos “líderes” e pseudolíderes já não lideram o que deviam: uma cidade capaz de brigar pela liderança do progresso e da qualidade de vida do seu povo.

 

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas da coluna
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium