São João do Piauí, 19 de agosto de 2018
(86)995258210
MP pede afastamento de prestadores e aplicação de multa ao prefeito Gil Calos
11/01/2018 20h35

A Promotoria de Justiça de São João do Piauí pediu, no dia 09, o afastamento de 30 professores substitutos 20 horas após o término do ano letivo de 2017 e proceda com a nomeação dos 30 classificados no Concurso Público para os cargos ocupados pelos prestadores com carga horária de 20 horas.

 

O Ministério Público do Estado do Piauí, através da 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, já havia entrado com uma Ação Civil Pública com pedido de tutela antecipada proposta contra o Município de São João do Piauí e o prefeito Gil Carlos Modesto Alves.

 

A decisão que pediu o afastamento dos prestadores impôs multa de R$ 5 mil reais ao prefeito Gil Carlos Modesto Alves, em caso de descumprimento. De acordo com o Ministério Público,  até a presente data os professores classificados no certame não foram nomeados, em visível afronto à decisão prolatada por este juízo, conforme declarações anexas, prestadas à Promotoria de Justiça.

 

 Como não procedeu com a decisão liminar da Justiça, o Ministério Público pede que seja dado efetivo cumprimento da liminar deferida, com a aplicação da multa pertinente ao Gil Carlos Modesto Alves.

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas do blog
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium