São João do Piauí, 20 de maio de 2018
(86)995258210
Colunistas
JOE
 JOE
Joe é formado em Letras Inglês pela UESPI e Bacharel em Administração Pública pela UFPI. Ele escreve sobre Política e Administração, diariamente.
Gil Carlos apagou as luzes e enterrou a esperança do seu povo
12/05/2018 00h04

Falar da gestão do prefeito Gil Carlos sem citar o “2012”, é o mesmo que começar a história política e administrativa de São João sem referencial no espaço e no tempo. O 2012 nos faz lembrar o quanto o político, que se apresentou como o “novo”, filho daqui e que teria a solução dos problemas crônicos deixados pelos seus antecessores, não conseguiu fazer diferente do que aquilo que condenava, antes de ascender ao poder.

O município de São João do Piauí viveu um período de abandono administrativo, antes da gestão do petista Gil Carlos, e repete a mesma façanha, passados cinco anos e cinco meses de sua permanência no poder.

Gil teve não só a oportunidade de dar a São João do Piauí uma cara nova e um rumo diferente, como deixar um legado de realizações inesquecíveis. Alinhado com o governo federal de Dilma Rousseff e com o do petista Wellington Dias, pensou-se que a libertação do regime político cinquentenário traria ao povo um novo horizonte. Pensou-se apenas.

Sob o pretexto de “arrumar a casa”, expressão muito utilizada por quem, de alguma forma, sinaliza com um pedido de paciência a quem pede urgência, Gil não fez nada extraordinário como ele bem se apresentou e como pretendiam os que se posicionaram a sua volta. De diferente só foi o esquema político.

Na educação, os índices foram pífios e vergonhosos; na saúde, não conseguiu os especialistas que prometera; no âmbito da infraestrutura e execução de obras, a gestão do petista parece que não encontrou o caminho efetivo das correções e do monitoramento.  A prova disso está no volume de reclamações, diárias, por  pessoas que pedem providências ao setor competente. Não bastasse isso tudo, some-se o fato de que a responsabilidade da prefeitura pela reposição de uma lâmpada, sequer é possível. Viver as às escuras passou a ser algo natural.

Até mesmo os seus aliados reconhecem o abandono do município pelo prefeito, que preferiu, tão logo passaram as eleições de 2016, disputar uma vaga de presidente na APPM e viver como prefeito itinerante.

O que restou por aqui foi o que se projetou na memória em 2012 e a renovação de uma esperança em 2016, agora frustrada, depois da reeleição do prefeito do PT. Gil Carlos não só deixou as luzes se apagarem, literalmente falando, como enterrou a esperança do povo da terra que ele chama de sua.

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas da coluna
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium