São João do Piauí, 20 de setembro de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Justiça
Wellington Dias se livra de inquérito de suposto jantar pago por lobista preso pela PF
Wellington Dias se livra de inquérito de suposto jantar pago por lobista preso pela PF
19/06/2018 17h47

O Superior Tribunal de Justiça decidiu arquivar uma Sindicância sigilosa (Sd 696 DF) aberta para apurar o pagamento de um jantar no valor de R$ 1 mil na campanha de Wellington Dias em 2014. O pagamento teria sido feito por pelo empresário apontado como lobista e investigado pela Polícia Federal na Operação Pulso, em 2015.

Delmar Siqueira é bastante conhecido por diversos políticos do Piauí, além de ter fazenda no município de Oeiras. Porém, suas ligações mais fortes no Piauí eram com o ex-governador do Piauí, Wilson Martins.

A pedido da Procuradoria Geral da República, o STJ decidiu arquivar a Sindicância que iria apurar os suposto benefício de Wellington Dias com o pagamento desse jantar que os políticos sempre gostam de fazer para arrecadar fundos para  campanha eleitoral. Para a PGR, o valor supostamente (ou seja, não foi confirmado), seria muito pequeno.

Consta dos autos que o atual Governador do Estado do Piauí teria se beneficiado, em época de campanha eleitoral ao Governo do Estado, de jantar pago por DELMAR SIQUEIRA RODRIGUES no montante de R$ 1.000,00 (mil reais). Ora, apesar de crível a siga “W. Dias” ser atribuída ao nome do atual Governador do Piauí, Wellington Dias, a presente sindicância deve ser arquivada. Destarte, o pequeno valor de que Wellington Dias teria supostamente se beneficiado, a ausência de outros elementos apreendidos que fazem presumir o repasse de outros valores de DELMAR SIQUEIRA RODRIGUES a WELLINGTON DIAS”, diz um trecho do relatório do ministro MAURO CAMPBELL MARQUES.

No governo de Wilsão, Delmar Siqueira foi um dos articuladores do Plano de Desenvolvimento do Estado que teve seu estudo concluído no Governo de Wilson Martins e realizado pela empresa Diagonal ao custo de pouco mais de meio milhão de reais. Até hoje, pouco se sabe sobre os benefícios desse estudo para a população do Piauí.

DELMAR FOI PRESO EM 2015 

No ano seguinte à eleição de 2014, a Polícia Federal realizou a Operação Pulso e acabou prendendo Delmar, sua filha e outros acusados de desvios de recursos.

Durante a operação em Recife, um pacote cheio de dinheiro foi jogado de um apartamento. VEJA AQUI A A MATÉRIA DO CASO E FOTO DO PACOTE.

FONTE: CódigodoPoder
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium