São João do Piauí, 21 de julho de 2018
(86)995258210
Piauí
Sem pagamento, funcionamento do PLAMTA e IASPI fica comprometido
19/06/2018 17h56

O governador Wellington Dias está decretando o fim dos Planos de Saúde IASPI e PLAMTA, que atendem os servidores estaduais ao não cumprir o acordo firmado com o Sindicato dos Hospitais e Clínicas Particulares (Sindhospi) para pagamento dos repasses em atraso.

O SindHospi já solicitou formalmente o descredenciamento de todas as clínicas e hospitais credenciados junto ao IASPI (Instituto de Assistência e Previdência Privada do Estado do Piauí) e PLAMTA (Plano de Saúde, Tratamento e Assistência).

O governo do estado deve o valor de R$ 75 milhões em atendimentos para as clínicas e hospitais da rede credenciada para atendimento ao servidor.

O ofício enviado para o governador diz o seguinte: “Fazemos uso deste expediente para requerer providências urgentes face aos atrasos reiterados do IASPI no pagamento da rede credenciada de prestadores de serviços médicos-hospitalares. Uma rotina incômoda, desgastante e danosa às finanças de clínicas, hospitais e laboratórios, que vem se registrando desde 2015”. O presidente do Sindhospi, Jefferson Campelo, informou que a dívida se arrasta desde fevereiro e  caso nãos seja quitada no prazo de 30 dias, o atendimento será suspenso.

O governador tem o prazo de 30 dias para ajustar o pagamento junto aos credenciados, caso contrário, o atendimento será suspenso. O prazo começa a contar a partir de hoje (19), conforme recomendação do Ministério Público Estadual.

FONTE: Diário do Povo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium