São João do Piauí, 22 de outubro de 2018
(86)995258210
Poder
Welington e Themístocles reatam as relações, depois do MDB perder a vice
Welington e Themístocles reatam as relações, depois do MDB perder a vice
24/08/2018 15h24

A sexta-feira (24) começou agitada na base governista. O petista Wellington Dias foi ao MDB fazer poses e fotos com Themístocles Filho, presidente da Alepi, em quem ele deu um balão há algumas semanas. O encontro foi resultado de uma pressão que o governador deu nos aliados: cargos e obras estariam em risco se Themístocles não demonstrasse apoio público ao petista. O que por si só já demonstra que a campanha governista não vai bem. 

Com a faca no pescoço, seis candidatos a deputado do MDB escreveram uma carta e foram ao presidente da Assembleia. Pediram que ele dissesse à imprensa que acompanha Wellington. Nos bastidores, a história é a de que após ter sido enganado com a promessa de vice na chapa de Wellington e ser chutado pra fora, o deputado teria articulado com candidatos da oposição para fazer frente ao governo.

E estava dando certo. Wellington despencou nas pesquisas. Na séria de pesquisas do instituto Amostragem, por exemplo, caiu de 51% em abril para 37% em agosto. Foi quando o petista puxou a faca para o MDB.

Após o encontro, pedindo a reserva dos nomes, três deputados conversaram com o Política Dinâmica. Alegaram que a situação ficou muito delicada na relação com Wellington, e que o partido não confia mais nas promessas do petista.

“Só tinha uma maneira de garantir apoio incondicional do MDB: ter Themístocles de vice. Mesmo com o Marcelo [Castro, candidato a senador] lá na chapa, a motivação não é a mesma. Se Marcelo ganhar pro Senado, só resolve a vida dele. Se Themístocles fosse vice, o MDB teria em breve um governador, isso é uma questão de lógica”, argumentou o primeiro deputado com quem conversamos.

O segundo emedebista revelou: “Esse doido do Pessoa tá uma febre em Teresina. Não dá pra fazer campanha contra ele aqui. E o Lucianinho cresceu muito no interior. Os prefeitos querem seguir com ele por conta dessas ordens de serviço que o governador não honrou. A gente que é deputado não pode brigar nem com povo nem com prefeito. Então vamos fazer nossa campanha, mas precisamos ainda do que temos no governo”, apontou o parlamentar.

O terceiro foi mais enfático. “Temos cargos e obras em andamento no governo. O governador sabe que não está tão bom pra ele. Então colocou essa condição de demonstrarmos o apoio. Mas não é uma foto que muda a realidade. Ele queria a foto, nos queremos as obras. Pedimos esse favor e o nosso presidente Themístocles nos atendeu. Ele não nos deixaria na mão, sabe que temos que fortalecer o partido pro que vem a seguir”, explicou.

FONTE: Política Dinâmica
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium