São João do Piauí, 21 de setembro de 2018
(86)995258210
Educação
Falta de transporte prejudica alunos da rede estadual, na região de São Raimundo Nonato
Falta de transporte prejudica alunos da rede estadual, na região de São Raimundo Nonato
14/09/2018 00h09

O drama dos alunos sem transporte escolar continua no interior do Piauí. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação/Regional de São Raimundo Nonato (Sinte-SRN), Vanda Oliveira Aragão, denuncia que o transporte escolar da rede estadual está parando em diversos municípios do semiárido. Segundo ela, alunos estão sendo prejudicados com a falta do serviço, já que alguns motoristas pararam por estarem com quatro meses sem pagamentos.

"Tem escola de São Raimundo, como o CEEP, que tem mais de 300 alunos que dependem do transporte escolar. Parou total. E por que parou? Falta de pagamentos. São quatro meses sem receber o dinheiro do transporte. Qual é a pessoa que tem condição de passar quatro meses sem receber dinheiro, botando gasolina por conta própria no ônibus? Isso é uma injustiça", desabafou a professora destacando que a situação a cada dia se agrava.

Vanda conta que procurou a Gerência Regional de Educação (GRE) para saber quais outros municípios da região estão sendo afetados com a falta do serviço. Segundo ela, o órgão informou que o transporte escolar está funcionando apenas de modo parcial nos municípios de Bonfim do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, Tamboril e São Raimundo Nonato.  Já no município de Várzea Branca, o serviço parou totalmente.

Uma das escolas mais prejudicadas com a falta do serviço é o CEEP Gercílio de Castro Macêdo, na cidade de São Raimundo Nonato. Estudantes que vêm do interior do município para a zona urbana estão improvisando para poderem chegar à escola. Vanda ameaça reunir alunos e professores da região para denunciar a situação ao Ministério Público Federal (MPF). Segundo ela, protestos também estão sendo organizados por grupos de estudantes.

"Alguns pais estão mandando os filhos em motos e em carros particulares dividindo o combustível com quatro ou cinco alunos dentro de um veículo para poderem vir para a escola e não perderem o ano. Essa situação é lamentável", concluiu a professora.

A 13ª Gerência Regional de Educação, com sede em São Raimundo Nonato, admite o problema. Nas emissoras de rádio da região, são constantes as reclamações de alunos e pais de alunos por conta da falta de transporte escolar ou do funcionamento parcial em alguns municípios.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que os processos de pagamento referentes ao Programa de Transporte Escolar nos municípios citados na reportagem encontram-se prontos e serão regularizados nesta sexta-feira (14).

FONTE: Política Dinâmica
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium