São João do Piauí, 16 de junho de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Geral
Ministro da Cidadania diz que vai cumprir promessa de décimo-terceiro do Bolsa Família
Ministro da Cidadania diz que vai cumprir promessa de décimo-terceiro do Bolsa Família
02/01/2019 17h11

O ministro da Cidadania, Osmar Terra (MDB-RS), afirmou nesta quarta-feira, durante cerimônia de transmissão de cargo, que irá analisar o orçamento da pasta para cumprir a promessa de criar o décimo-terceiro do programa Bolsa Família feita pelo presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral.

Terra afirmou ainda que vai determinar um pente-fino na situação dos museus brasileiros e que discutirá como obter mais recursos para o programa Bolsa Atleta e distribuir melhor os benefícios já existentes.

Osmar Terra afirmou que a meta do governo é conseguir pagar ainda neste ano o décimo-terceiro do Bolsa Família, cujo custo estimado é de R$ 2,5 bilhões.

O ministério da Cidadania nasceu da fusão de outras três pastas: Desenvolvimento Social, Cultura e Esportes. Cada uma dessas áreas terá um secretário-executivo para coordenar as políticas públicas de seu setor, ficando todos subordinados a Osmar Terra. Serão eles: general Marco Aurélio (Esporte), Lelo Coimbra (Desenvolvimento Social) e José Henrique Pires (Cultura). O Bolsa Família é um dos programas mais importantes a cargo do ministério.

— Temos que fazer avançar o que já foi feito na área do Bolsa Família, juntar mais com a área do trabalho e renda. Vai ter o décimo-terceiro do Bolsa Família. O presidente prometeu e nós vamos cumprir. É claro que vamos precisar de mais Orçamento também, vamos discutir Orçamento — discursou o ministro.

Ele afirmou que ainda começará os trabalhos de estudo desses assuntos e que, por isso, não era possível aprofundar os temas citados no seu discurso.

O novo ministro elogiou Bolsonaro, dizendo que o discurso do presidente foi "muito significativo" ao afirmar aos ministros que dava liberdade total para eles trabalharem, sem se preocupar com "interesses menores". E disse, em tom de brincadeira, que irá até mesmo "torturar" sua equipe de trabalho — uma das polêmicas envolvendo Bolsonaro são discursos na Câmara dos Deputados defendendo o coronel reformado Carlos Brilhante Ustra, acusado de torturar militantes de esquerda durante a ditadura militar.

— Eu vou me esforçar ao máximo, vou torturar todo mundo que trabalha comigo, torturar em horários para gente poder dar uma resposta efetiva — afirmou Osmar Terra.

FONTE: OGlobo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium