São João do Piauí, 15 de janeiro de 2019
(86)995258210
Colunistas
JOE
 JOE
Joe é formado em Letras Inglês pela UESPI e Bacharel em Administração Pública pela UFPI. Ele escreve sobre Política e Administração, diariamente.
Não deu tempo...
03/01/2019 08h10

A presidente da Câmara de Vereadores de São João do Piauí chegou ao fim de seu mandato sem, contudo, ver o recurso do processo de cassação do prefeito Gil Carlos ser julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI). E não era pra menos: ela teria se tornado prefeita interina, enquanto novas eleições teriam sido realizadas, caso o prefeito Gil Carlos tivesse sido cassado, na vigência do mandato dela.

Com a negação do provimento do recurso de cassação do prefeito cassado, Gil Carlos Modesto Alves, a presidente da Câmara, Nívia Selma Martins Nunes, teria assumido a cadeira de prefeito e esperado pela realização das eleições suplementares no município. No cargo, Nívia ou teria se candidatado ou teria apoiado uma ala que deveria disputar as eleições. No entanto, a demora no julgamento do processo, tirou da presidente a tão sonhada assunção.

Com a vitória do vereador Dr. Lolota, tio de Gil Carlos, em havendo uma cassação do prefeito no TRE-PI, dia 25 próximo, Lolota é que vai sentar na cadeira de prefeito. Nívia bem que esperou por essa oportunidade. Mas não deu tempo...

O processo de cassação do prefeito Gil Carlos foi um dos mais tumultuados de todos os tempos. No Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, foi o único na história que, em vez de ser julgado em plenário, foi julgado monocraticamente a fim de que pudesse ser arquivado. Mas não chegou a ser, graças à habilidade da defesa.

Recentemente, o TRE-PI teve que julgar os embargos declaratórios dos agravos regimentais interpostos contra a decisão do desembargador Antônio Lopes, que extinguiu o processo monocraticamente, fazendo o recurso dormitar no tribunal e dando sobrevida no cargo de prefeito ao petista Gil Carlos.

O processo ainda se encontra no tribunal. Resta saber se Gil cumpre os quatro anos de seu mandato, se o recurso vai a julgamento como já sinaliza, ou se conhecerá outro efeito procrastinatório na segunda instância recursal da justiça eleitoral o Piauí.

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas da coluna
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium