São João do Piauí, 23 de fevereiro de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Educação
Gasto de recursos do Fundeb com professores em São João do Piauí vêm caindo desde 2014
Foto ilustrativa
Gasto de recursos do Fundeb com professores em São João do Piauí vêm caindo desde 2014
06/02/2019 01h03

Dados extraídos do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE) revelam que o investimento em educação pública municipal vem caindo ou tendo varrições, ao longo de cinco anos. De acordo com os dados, o percentual de aplicação de recursos do Fundeb com remuneração dos profissionais do magistério, mínimo de 60%, teve variações negativas no ano de 2017, nos cinco primeiros bimestres.

Já nos 1º e 3º bimestres de 2018, os percentuais não foram negativos, mas ficaram abaixo do mínimo legal da despesa com remuneração de professores no município. Os demais bimestres, 2º, 4º e 5º tiveram percentuais que ficaram no patamar 60% e acima do patamar, 65%.

Se comparado com municípios do porte inferior ao de São João do Piauí, como Pedro Laurentino e Nova Santa Rita, o gasto com profissionais do magistério chega a ser igual ou inferir. Os dados coletados no SIOPE, revelam que em Pedro Laurentino, em 2014, 2015 e 2016, os gastos foram, respectivamente 63,72%;68,81% e 73,55%. Já no município de Nova Santa, os gastos ficaram em um patamar acima dos da gestão do prefeito Gil Carlos: 2014 com 68,45%; 2015 com 67,65% e 2016 com 66,62%, gastos com remuneração de professores.

Ainda de acordo com os dados enviados e homologados pelo SIOPE, a gestão do prefeito Gil Carlos tem cumprido o mínimo de 25% com a aplicação das receitas de impostos e transferências vinculadas à educação em Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), nos anos de 2014 com 29,15 %, de 2015 com 25,39 % e de 2016 com 25,11 %, pelos dados consolidados. Nos munícipios que serviram de base de comparação, os percentuais chegam a 33% em Nova Santa Rita e de 32,36 % em Pedro Laurentino.

Os dados revelam que os gastos dos recursos do FUNDEF com profissionais do magistério (professores) vêm caindo, ano após ano, além de mostrar que a gestão vem aplicando o mínimo necessário previsto, que é de 25%, das receitas de impostos e transferências vinculadas à educação em MDE no município, se comparado com Nova Santa Rita e Pedro Laurentino.

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium