São João do Piauí, 15 de julho de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Geral
Programa Bolsa Família tem 374,9 mil filiados a partidos políticos
Programa Bolsa Família tem 374,9 mil filiados a partidos políticos
06/03/2019 22h11

Todos os partidos políticos brasileiros têm filiados beneficiários do Bolsa Família, revela um cruzamento de dados inédito realizado pelo GLOBO. Ao todo, 374,9 mil beneficiários estavam filiados a alguma sigla em setembro do ano passado. O partido mais popular entre os favorecidos é o PT, com 35,9 mil filiados inscritos no programa social, seguido de perto pelo MDB (35,6 mil) e o PSDB (27,5 mil).

O cruzamento levou em conta informações de setembro de cada ano entre 2013 e 2018 do Ministério da Cidadania e do Tribunal Superior Eleitoral( TSE ). Afiliação partidária do beneficiário nãoé ilegal enãoé verificada pelo governo federal.

A análise temporal mostra que o PT, apesar do primeiro lugar, vem perdendo filiados nesse público desde 2013. Há seis anos, a legenda tinha 13,1 mil beneficiários do Bolsa Famíliaamais filiados ao partido.

O movimento de queda também foi observado no número de filiados totais ao PT, que teve uma perda líquida de 44,7 mil pessoas desde 2013. Assim, quase um terço dessa diminuição foi entre beneficiários do Bolsa Família. A relevância dessa parte dos filiados na queda total é desproporcional à participação entre os filiados totais, de apenas 2,27% dos 1,579 milhão de registrados no PT.

A sigla com mais desfiliações no período foi o MDB (13,8 mil). Por isso, em 2017, o partido perdeu o posto de maior sigla entre os beneficiários do Bolsa Família para o PT. Entretanto, ao contrário do PT, o MDB teve um crescimento de 11,5 mil no número de filiados totais nos últimos seis anos. Procurados, PT e MDB não responderam aos questionamentos da reportagem.

Apesar da queda desde 2013, o professor de economia da Universidade de Brasília (UnB), Vander Lucas, aponta que MDB e PT tiveram ganhos eleitorais por conta do programa.

—O MDB era considerado o partido dos prefeitos, ou seja, ganhava a maioria das prefeituras do Brasil. O PT teve um crescimento muito forte ganhando muitas prefeituras e alguns estudos mostram que isto se deveu em parte ao Programa Bolsa Família e ao alinhamento destas prefeituras com o governo federal —diz.

Isso porque, como aponta Lucas, “o programa é federal, porém sua execução se dá no município, seja através do controle das frequências escolares dos filhos, seja por meio do cartão de vacina”.

— Assim, se você for em uma prefeitura, dificilmente identifica se o Bolsa Família é federal ou é do prefeito. O prefeito passa a ideia de que o programa é dele.

GANHO ELEITORAL

 A importância do Bolsa Família nas eleições municipais é destacada em artigo ainda inédito de Lucas e outros dois professores da UnB. De acordo com eles, a quantidade de beneficiários do programa social “sofre acréscimos significativos nos anos eleitorais, de ordem superior a 88%, o que caracteriza indício de comportamento estratégico dos prefeitos”. Esse efeito é maior, prossegue o artigo, no caso de prefeitos em primeiro mandato eque buscam a reeleição.

Conclusões semelhantes foram tiradas pelo analista do Banco Central Mário Rubem Bastos em sua tese de doutorado em Economia na UnB. De acordo como estudo ,“prefeitosque optaram por não aderir ao programa perderam aproximadamente 8% dos votos (nas eleições de 2006) quando os municípios vizinhos começaram a implementá-lo”. Assim, segundo Bastos, “o programa traz votos a quem se destaca em sua implementação e tira votos daqueles que têm desempenho inferior”.

Estudo aponta que prefeitos que não aderiram ao programa perderam 8% dos votos

FONTE: OGlobo (Assinante)
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium