São João do Piauí, 18 de agosto de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Poder
Moro diz que não orientou Dallagnol e foge de bombardeio de repórteres
Moro diz que não orientou Dallagnol e foge de bombardeio de repórteres
10/06/2019 20h17

O ministro da Justiça Sérgio Moro interrompeu bruscamente uma entrevista coletiva em Manaus quando repórteres insistiram em perguntas sobre as mensagens que ele trocou com o procurador-chefe da Força Tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Moro afirmou que a troca de mensagens é antiga, que não guarda os arquivos e, portanto, que não tem como confirmar o conteúdo.

Porém, contraditoriamente, disse que nas mensagens reveladas até agora pelo Intercept Brasil não houve orientação dele ao procurador Deltan Dallagnol.

Já de acordo com a publicação, Moro agiu como uma espécie de coach da Lava Jato:

Sergio Moro e Deltan Dallagnol trocaram mensagens de texto que revelam que o então juiz federal foi muito além do papel que lhe cabia quando julgou casos da Lava Jato.

Em diversas conversas privadas, até agora inéditas, Moro sugeriu ao procurador que trocasse a ordem de fases da Lava Jato, cobrou agilidade em novas operações, deu conselhos estratégicos e pistas informais de investigação, antecipou ao menos uma decisão, criticou e sugeriu recursos ao Ministério Público e deu broncas em Dallagnol como se ele fosse um superior hierárquico dos procuradores e da Polícia Federal.

“Talvez fosse o caso de inverter a ordem da duas planejadas”, sugeriu Moro a Dallagnol, falando sobre fases da investigação.

“Não é muito tempo sem operação?”, questionou o atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro após um mês sem que a força-tarefa fosse às ruas.

“Não pode cometer esse tipo de erro agora”, repreendeu, se referindo ao que considerou uma falha da Polícia Federal.

“Aparentemente a pessoa estaria disposta a prestar a informação. Estou entao repassando. A fonte é seria”, sugeriu, indicando um caminho para a investigação.

“Deveriamos rebater oficialmente?”, perguntou, no plural, em resposta a ataques do Partido dos Trabalhadores contra a Lava Jato.

Moro orientou Dallagnol até sobre o comportamento de uma subordinada do procurador:

FONTE: ViOMundo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium