São João do Piauí, 23 de outubro de 2018
(86)995258210
Vereador recusa cargos e declara voto contra na eleição da Câmara de SJP
Vereador recusa cargos e declara voto contra na eleição da Câmara de SJP
03/12/2014 07h20

Apesar do resultado da eleição do Presidente e da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São João do Piauí ter sido realizado através do sistema de votação secreta, dois vereadores subiram à tribuna para declarar voto, mostrar o descontentamento com a atual gestão e justificar porque não votou em Elias Laurentino(PT). Um deles foi o vereador Gervásio Oliveira (PSD), que vem se destacando pela posição firme e coerente em discursos e votações de projetos de leis enviados pelo executivo ao legislativo municipal. Raimundo Araújo foi outro que se manteve firme na oposição sem perder o discurso e a coerência; também vem fazendo críticas, cobranças e denúncias acerca da administração do atual prefeito Gil Carlos (PT), que terá, a partir do próximo ano (2014), Elias como presidente do Parlamento local. CONVITE PARA OCUPAR CARGOS O vereador Gervásio Oliveira (PSD) foi convidado pelo ex-candidato da Chapa Única e Presidente eleito, Elias Laurentino, para assumir o cargo de Primeiro Secretário da Câmara. Gervásio também teria como vantagem a indicação da Controladoria Interna bem como ficar disponível para Câmara Municipal com ônus para a Prefeitura de São João do Piauí. Recentemente, o vereador Vitório Henrique (PSD), ganhou do executivo, através da portaria nº 001/2014(veja aqui), uma disponibilidade para Câmara com ônus para a Prefeitura Municipal de São João do Piauí. A portaria foi assinada pela Secretária Municipal de Administração e Finanças no dia 06 de novembro e publicada no Diário Oficial dos Municípios somente no dia 10/11/2014. “Consultei minha família e alguns amigos, que sempre me ajudaram e cheguei a seguinte conclusão: que seria muita incoerência de minha parte passar dois anos combatendo essa administração sem planejamento e que massacra a nossa população”, declarou Gervásio. O vereador também lamentou a não apresentação de uma chapa da oposição onde tinham a maioria. Outros vereadores de “Oposição” não mantiveram a coerência de seus discursos, tendo em vista que exigiam desde uma administração mais eficiente até o cumprimento de promessas feitas em palanque por Gil Carlos, em 2012. O concurso público foi um dos discursos mais afinados entre 2013 e 2014. Dos onze votos apurados em votação secreta, apenas Gervásio Oliveira e Raimundo Araújo votaram contra, segundo declarações dos mesmos. Nove votos foram a favor da eleição de Elias Laurentino.

FONTE: Da redação
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas do blog
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2018 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium