São João do Piauí, 29 de fevereiro de 2020
(86)995258210
Manchete
Servidores públicos municipais ameaçam greve em São João do Piauí dia 16
Gil Carlos, prefeito e Manoel Raimundo, presidente Sindserm/SJP
Servidores públicos municipais ameaçam greve em São João do Piauí dia 16
09/03/2015 00h12

Uma reunião realizada no último dia 07 sob o comando do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de São João do Piauí com as mais variadas categorias de servidores para tratar sobre o reajuste salarial poderá ser a gota d’água para que o serviço público possa a vir a parar. Os servidores vêm reivindicando desde o início de 2014 da atual gestão o não cumprimento da política de reajuste salarial e valorização do servidor. Eles alegam que estão no terceiro mês do ano de 2015 e nenhum projeto de lei que vise a reajustar o salário do administrativo da prefeitura foi enviado à Câmara para ser votado. Em sua mensagem na abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, o prefeito de São João do Piauí disse que as receitas do município tiveram um incremento de 18% em sua arrecadação. O Mandacaru fez um levantamento das receitas de impostos que o município recebeu no ano de 2014 e o resultado foi o seguinte: o ISS foi o imposto com maior arrecadação, R$ 1.269.013,21, o IPTU aparece em segundo lugar com R$245.426,14, seguido de ITBI com R$ 149.871,27. Outra receita que a atual gestão arrecadou foi o IRRF do servidor público municipal. Mensalmente, a prefeitura faz o desconto compulsório no contracheque do servidor cuja renda seja superior a R$1.500,00. A partir desse valor, há a dedução do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Ano passado, a arrecadação do referido imposto foi R$ 329.673,00. Valor que representou 59,94% do valor previsto para o ano, que era de R$ 550.000,00. Os 25% de ICMS que o governo repassa ao município atingiu a cifra de R$ 545.569,97. Já os 50% de IPVA dos carros com placas do município de São João do Piauí renderam aos cofres da prefeitura R$ 294.856,12. Ambos os repasses feitos pelo governo do Estado como forma de partilha, prevista na Constituição Federal, foram feitos no ano de 2014. Quanto aos repasses constitucionais, como o FPM, o município recebeu o montante de R$ 11.355.423,96 só em 2014. Já o ITR somou apenas R$ 6.293,46.  

FONTE: DA REDAÇÃO
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2020 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium