São João do Piauí, 25 de setembro de 2020
(86)995258210
Manchete
Joe
Por: Joe
Vice-prefeito que rompeu está de volta e vai assumir superintendência de trânsito
24/07/2015 00h57
O Vice-prefeito de São João do Piauí, Jesus Cavalcante(o pescador), depois de mais de um ano de rompimento, volta ao comando da gestão da administração pública municipal ao lado do atual prefeito Gil Carlos(PT).

Em 2014, o Vice-prefeito revelou ao Portal Mandacaru, com exclusividade, que estaria rompendo as relações políticas com o prefeito Gil Carlos. Segundo Jesus Cavalcante, o espaço que ele esperou ter na gestão do prefeito ao lado de quem foi eleito não veio. Sentindo-se isolado e sem espaço, o vice-prefeito fez um rompimento apenas político e se afastou das decisões administrativas.

Jesus chegou a afirmar ao Mandacaru, à época do rompimento, que disse ao prefeito que estaria sendo humilhado. Segundo o vice-prefeito, fazia um ano e dois meses que ele não era comunicado de nada e que quando era convidado para algum evento, pessoas ligadas ao prefeito eram que o convidavam via SMS.

No entanto, passado um ano e quatro meses do rompimento, Jesus Cavalcante volta a participar ativamente da gestão de Gil Carlos(PT). Agora cumulando o cargo de vice-prefeito e de superintendente de trânsito municipal.

Já com retorno garantido, Jesus Cavalcante assumirá o comando da Superintendência de Transporte e Trânsito Municipal (SUTRAN), recém-criada. Além de assumir a SUTRAN, o vice-prefeito terá a sua disposição um gabinete em que poderá nomear um secretário na Secretaria Executiva com salário de R$ 2.000,00 e um assessor símbolo IV com salário de R$ 800,00. Já o salário do Superintendente, segundo a lei, é de R$ 3.500,00, cargo com status de secretário.

Política

Com o retorno de Jesus Cavalcante(PR), o cenário político deverá ter um contorno menor, dado o fato de que ele, que pretendia disputar as eleições para prefeito em 2016, deverá marchar na base de apoio de Gil Carlos(PT).

Decisão para o retorno

Segundo o vice-prefeito, não havia nada que o impedisse de fazer o retorno e participar da gestão de Gil Carlos, tendo em vista que entre ele e o prefeito não houve ofensas pessoais por ambas as partes.

Leia também:Vice que rompeu com prefeito, pode estar de volta em 2015

FONTE: DA REDAÇÃO
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2020 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium