São João do Piauí, 24 de outubro de 2021
(86) 995258210
Piauí
Joe
Por: Joe
Senador intermediará diálogo entre Niéde e Planalto e salvar Parque Serra da Capivara
27/07/2015 09h33
A repercussão do anúncio feito pela arqueóloga e diretora da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham), Niéde Guidon, de que o Parque Nacional da Serra da Capivara será fechado no final deste ano por falta recursos já mostra seus primeiros resultados. O senador Elmano Férrer, informou ontem (26) ao Diário do Povo, que entrará em contato com a arqueóloga para intermediar encontro entre ela e o Palácio do Planalto com o objetivo procurar uma solução permanente para manutenção do local.

"Vou entrar em contato com a Niéde e me colocar à disposição para nós irmos aos ministérios competentes, não só em meu nome, mas em nome da bancada do Piauí no Congresso Nacional, e solicitar a inclusão no orçamento da União e no Plano Plurianual, que estão sendo elaborados, de recursos permanentes para o parque da Serra da Capivara. Afinal, aquilo é um lugar de geração de conhecimento, descobertas importantes não só para o Piauí, mas o Brasil e a própria humanidade", frisou o senador.

As dificuldades de conseguir recursos para manter o parque é uma velha conhecida dos piauienses. Só este mês, o DP já publicou uma entrevista e ainda uma matéria com Niède Guidon falando sobre a situação crítica pela qual passa a Fumdham para manter a estrutura do parque que congrega 172 sítios arqueológicos. Mas foi preciso uma revista de circulação nacional, a Isto é, publicar matéria, esta semana, mostrando como este patrimônio da humanidade está ameaçado para que movimentações no sentido contrário fossem iniciadas.

Segundo a revista, para conseguir fechar as contas de 2015, a organização precisa de no mínimo de R$ 500 mil. Em caixa, a Fumdham afirma ter R$ 307 mil. Recentemente, 1/3 dos funcionários foi dispensado. Das 28 guaritas, só doze estão abertas. Das cinco equipes de ronda, resta uma. "Tivemos que demitir os outros e vender os carros", disse Niéde à Isto é.

Com este sombrio prospecto, a arqueóloga vê sendo destruído o projeto ao qual dedicou sua vida. "Para mim foi uma perda de tempo", diz. As pesquisas feitas pela Fumdham, financiadas por outros meios, estão garantidas. Mas não a preservação dos sítios que as motivam.

Para Elmano essa situação, que já se arrasta há muito tempo, não pode ser resolvida com emenda parlamentar. Ele afirmou que a solução é incluir o Parque, que é federal, no orçamento da União.

"Nós não podemos, todo ano, ficar nessa dependência de recursos que nunca chegam. O que tem que ser feito é assegurar recursos duradouros porque isso é um patrimônio universal. Esses recursos têm que ser orçamentários, da União", disse o parlamentar, que apesar de se recuperar de cirurgia de catarata em um dos olhos, afirmou que irá ligar para Niéde esta semana para marcar um encontro nos ministérios da Cultura e da Ciência. Segundo ele, o Senado volta no dia 3 de agosto, quando ele pretende discutir o assunto na Casa.

FONTE: Diario do Povo
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel: (86) 99525-8210 - Redação: [email protected]

© Copyright 2021 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium