São João do Piauí, 23 de outubro de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
Piauí
No Piauí, servidores da Saúde podem ter reajuste de R$ 25,00
Edna: presidente do sindicato luta por reajuste salarial para o pessoal da Saúde
No Piauí, servidores da Saúde podem  ter reajuste de R$ 25,00
07/03/2016 09h20

Sem um reajuste salarial desde o ano de 2012 os servidores administrativos, em alguns casos, terão uma reposição salarial  apenas R$ 25,00 neste ano. O achatamento do salário da categoria é por conta dos acordos fechados com os representantes dos Trabalhadores em Saúde e não cumpridos por parte do Governo do Estado. Para tentar mudar essa situação  uma equipe do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde do Piauí (Sindespi), terá um encontro com o secretário de Saúde do Estado, Francisco Costa na próxima terça-feira(8) às 8 horas na Sesapi.

 

Segundo a presidente do Sindespi Edna Martins, além desta discussão salarial, a categoria também vai exigir o cumprimento do plano de carreira e enquadramento dos servidores, os únicos pontos que ficaram pendentes no acordo fechado entre a entidade e representantes do Governo no dia 18 de fevereiro como parte de um acordo par o encerramento de uma greve da categoria.

 

EM 2014 o Governo encaminhou para a aprovação na Assembleia Legislativa a Lei 6560 que trata sobre o Plano de Cargo e Carreira dos Administrativos do Estado. Com base nessa lei o Governo firmou um compromisso com a categoria dos trabalhadores em Saúde para efetuar um reajuste salarial de três vezes cuja última parcela seria paga em dezembro do ano passado.

 

Pelo acordo os administrativos iriam dobrar o salário no período de cerca de 14 meses, só que a primeira parcela que deveria cair ainda no final de 2014, nunca foi depositada e depois o Governo pagou a segunda e um valor bem inferior ao acordado.

 

NO encontro para finalizar a greve em 18 de fevereiro era esse um dos pontos de discussão. O Sindespi cobrou o cumprimento da lei 6560/2014 integralmente. Já os representantes do Governo propuseram implementar a partir deste mês uma tabela calculada mediante a inclusão da terceira parcela  do enquadramento e isso ainda após a votação do projeto de Lei a ser encaminhado para a Alepi.  O Governo também propôs  discutir só  em janeiro de 2017 a implementação das demais parcelas que estão faltando. 

 

 

FONTE: Diari
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium