São João do Piauí, 16 de outubro de 2019
E-mail: redacao@portalmandacaru.com.br
(86)995258210
HETNB diz que lixo hospitalar encontrado em lixão não é seu
HETNB diz que lixo hospitalar encontrado em lixão não é seu
03/11/2014 07h29
Depois de objetos de resíduos hospitalares terem sido encontrados na aérea que compreende o lixão de São João do Piauí, o Hospital Estadual Teresinha Nunes de Barros (HETNB) se defende e diz que não é o responsável pelo lixo hospitalar que foi encontrado e veiculado em mídia local.

 Segundo a denúncia, seringas, objetos descartados de hospital teriam sido encontrados em pleno espaço que abrange o lixão a céu aberto em São João do Piauí. O Portal Mandacaru esteve no HETNB e obteve, com exclusividade, as informações que evidenciam que o hospital, de fato, não é o responsável por qualquer depósito indevido em aérea aberta.

O Hospital Estadual Teresinha Nunes de Barros (HETNB), em junho do corrente ano, por determinação da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) assinou o contrato nº19/2014, registrado no Lv.09 Fls.180, através do Pregão Presencial nº31/2013 – DLCA/SEAD-SESAPI no processo nº AA.900.1.014862/13-92 com a empresa Sterlix Ambiental Tratamento Piauí de Resíduos LTDA para  prestação de serviços especializados em coleta, tratamento e destinação final de resíduos de hospitalar.

O lixo produzido pelo hospital fica depositado temporariamente na sala de resíduos até que seja removido. Lá no depósito, há dois tipos lixos: o comum, que é de responsabilidade da prefeitura do município fazer a remoção e dar o destino correto e o hospitalar propriamente dito(seringas, luvas e material perfurocortante), que é acondicionado em sacos próprios e removido quinzenalmente pela empresa Sterlix Ambiental.

Em recente oficio, encaminhado pela diretoria do HETNB à Secretaria de Obras do Município, o hospital deixou claro sobre a existência de dois tipos de lixos produzidos pelo serviço hospitalar do estado. Dia 27 de outubro, um veículo da Sterlix Ambiental, responsável pelo recolhimento do lixo hospitalar propriamente dito, veio fazer a coleta do lixo que é de sua responsabilidade a fim de dar um destino correto.

Em apenas dois meses, a empresa Sterlix Ambiental fez o recolhimento de 5.082 toneladas de resíduos hospitalares, lixo que a empresa vem e recolhe, dentro dos padrões exigidos pela Vigilância Sanitária.

Visita do Ministério Público ao HETNB

Segundo o chefe de limpeza geral, o Ministério Público realiza constantemente vistoria nas dependências do HETNB, que vai desde a sala de resíduos, onde é colocado o lixo, até as instalações do hospital, passando por Raio-x, salas de emergência, fisioterapias, leitos e cozinha.

                                                                                      Contrato da Sterlix com o HETNB                                                                                            Data da coleta de resíduos                                                                                            Sala de Resíduos                                                                                              Materiais hospitalares                                                                                      Como o material é acondicionado

FONTE: Da redação
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: redacao@portalmandacaru.com.br

© Copyright 2019 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium