São João do Piauí, 01 de outubro de 2020
(86)995258210
Política
Zé da Luz
Por: Zé da Luz
Merlong rebate João Mádison e diz que W. Dias deixou PI em equilibrio
Merlong rebate João Mádison e diz que W. Dias deixou PI em equilibrio
17/11/2014 22h36
Nesta segunda-feira (17) o deputado estadual, Merlong Solano (PT), rebateu as afirmações do deputado João Mádison (PMDB) de que o estado passa por crise financeira desde a gestão de Wellington Dias (PT), terminada em 2010. Segundo João Mádison a má administração do petista acarreta nas dificuldades do estado hoje, mas de acordo com Merlong essa não é a realidade da gestão de W.Dias.

João Mádison já afirmou aos veículos de comunicação, que o atual governo vai fazer uma análise dos dados desde 2006 e mostrar que a herança que Wellington deixou foram dificuldades financeiras que agora se tornaram um problemas mais grave. No entanto, Merlong garante que o governo de Wellington estava em equilíbrio e que não existe preocupação com esse levantamento de dados.

“Não temos medo. Entregamos o estado em ordem. Entregamos o estado com aproximadamente 43% do gasto da receita corrente liquida com o pessoal do poder executivo, foi a baixo do limite de alerta. Existe o limite de alerta, o limite prudencial e depois o teto. De lá para cá, eles (governo) estouraram todos os três. Olha o tamanho do esforço que vamos ter que fazer para reduzir a folha de 51% para 46, 5%. Um esforço muito grande que vai ter que ser feito. O máximo de racionalização com as despesas com funções gratificadas e quem sabe não se chegue a servidor efetivo, por que não dá para administrar sem receber transferências voluntárias do governo federal, que fica impedida por conta de ter-se ultrapassado o limite prudencial”, disse.

Merlong alerta para o aumento da folha de pagamento e para os problemas que o estado ainda pode ter já que o que sobre para investimentos é o pouco. “A folha chegou a mais de 170 milhões ao mês e o estado arrecada 308 milhões, então o que sobra para fazer o custeio e fazer investimento?. O estado sem receber recursos federais fica sem condições de prestar serviços a sociedade, sem condições de implantar infra-estrutura para que a nossa economia cresça”.

Para o deputado, o que é importante é saber de que forma o relatório anunciado por Mádison vai ser feito, para que não venha a beneficiar o atual governo. “Precisamos ver como esse relatório vai ser feito. É bom saber se vai estar amparado nos documentos oficiais, no balanço geral do estado e relatórios do tribunal de contas”.

Ainda de acordo com Merlong o governo vem mostrado que está em péssimas condições financeiras, principalmente com a medida de antecipação do recolhimento do ICMS. “Eles estão admitindo que precisam antecipar a receita de janeiro para pagar a folha, então não tem dinheiro nem para a folha. Ou seja: o estado está quebrado, está é a palavra que gostaria de não ter dito, mas é o que acontece".

FONTE: 180
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2020 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium