São João do Piauí, 25 de fevereiro de 2020
(86)995258210
Poder
Líder do PSL na Câmara diz que vai 'implodir' Bolsonaro
Líder do PSL na Câmara diz que vai 'implodir' Bolsonaro
17/10/2019 18h31

Em reunião interna da ala do PSL ligada ao presidente do partido, Luciano Bivar (PE), o líder da sigla na Câmara, Delegado Waldir (GO) afirmou que vai “implodir” o presidente Jair Bolsonaro, também do PSL. A fala foi gravada em áudio por um dos presentes e obtida pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Na gravação, Delegado Waldir afirma: “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Não tem conversa. Eu implodo ele. Eu sou o cara mais fiel. Acabou, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”. Depois, alguém alerta. “Cuidado com isso, Waldir.”

O encontro onde a fala foi gravada ocorreu no gabinete da liderança do PSL na Câmara, quando deputados relataram que estavam sendo pressionados por Bolsonaro a assinar uma lista para destituir o Delegado Waldir e apoiar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como líder da bancada na Câmara. Na manhã desta quinta-feira (17) foi divulgado um outro áudio em outra ocasião do presidente Jair Bolsonaro pedindo apoio ao nome do filho. Após a divulgação, o presidente afirmou considerar uma “desonestidade” a divulgação da conversa e sugeriu ter sido “grampeado”. “Eu não trato publicamente deste assunto. Converso individualmente. Se alguém grampeou telefone, primeiro é uma desonestidade”, afirmou. “Eu falei com alguns parlamentares. Me gravaram? Deram uma de jornalista? Eu converso com os deputados.”

BRIGA PELA LIDERANÇA

Na noite desta quarta-feira (16), a crise do PSL na Câmara atingiu níveis elevados. Um grupo de deputados do partido da ala bolsonarista fizeram uma lista e a protocolaram na Secretaria_Geral da Câmara destituindo o Delegado Waldir do cargo de líder da sigla na Casa e indicando Eduardo Bolsonaro para substituí-lo.

No entanto, depois uma nova lista foi apresentada por outro grupo do PSL, para manter Delegado Waldir no cargo. A Secretaria deu provimento a esse pedido. Depois disso, Bolsonaro ainda tirou  Joice Hasselmann da liderança do governo no Congresso, porque ela assinou o documento pró-Waldir.

No áudio obtido pelo Estado de São Paulo, o Delegado Waldir diz que pretende expulsar “um por um” dos que assinaram o documento contra ele.

“Nós vamos expulsar, e aqueles que fizerem nós vamos expulsar um por um do partido, ok? A situação é essa. Nós vamos expulsar um por um do partido”, diz Waldir na gravação. Procurado pela reportagem para comentar as declarações, o deputado não se manifestou até a publicação da notícia.  

FONTE: A Gazeta
Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas notícias
Mais lidas do mês
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel:(89)9403-3070 - Redação: [email protected]

© Copyright 2020 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium