São João do Piauí, 28 de janeiro de 2021
(86)995258210
Joe
Joe
Joe é formado em Inglês pela UESPI e Bacharel em Adm Pública pela UFPI. Escreve sobre Política e gestões públicas. Fale comigo: (86) 99525-8210
O PT vive momento de dissidência na Câmara de Vereadores
25/12/2020 10h19

A articulação de Moacyr Rocha para chegar à presidência da Câmara deve significar certa independência em relação ao prefeito eleito, Ednei Amorim. Além disso, a disputa do petista projetado no cenário político local pelo prefeito Gil Carlos, deixa claro um ponto de dissidência do PT, no parlamento, antes mesmo de Ednei Amorim assumir o comando da prefeitura, em 2021.

Vozes da chapa aliada a Ednei Amorim já têm como certa a divisão de força e de poder dentro da Casa.

 Zé Guinguirro, o profeta anti-petista, já deixou claro o grau de amistosidade entre o bloco do prefeito e o da oposição: “eles lá e nós cá”, mostrando que a diplomacia será bem limitada entre os blocos políticos na Casa.

O esforço bem sucedido de Moacyr obrigou até o prefeito Gil Carlos a articular, sem sucesso, o apoio de Marcelino Fernandes, que registrou apoio como 1º vice-presidente na chapa do petista "projetado" pelo Gil.

A articulação de Moacyr foi um verdadeiro balde de água fria no projeto de poder de Adriana de Castro, presidente do PT e aliada de primeiro momento de Ednei Amorim, desde que Gil tentava emplacar o tio como candidato a prefeito, lá no começo de março.

A oposição, que está numericamente em desvantagem (quatro vereadores), deve ganhar as eleições, caso nomes na chapa já apresentada não vejam motivos suficientes e necessários para dar um balão em Moacyr.

Portal Mandacaru no Facebook:
Notícias recomendadas
Últimas da coluna
Portal Mandacaru | O nº 1 em notícias de São João do Piauí e região

End: Travessa Adail Coelho Maia - Cel: (86) 99525-8210 - Redação: [email protected]

© Copyright 2021 - Portal Mandacaru - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium